Uso da tecnologia na construção civil pode aumentar a produtividade

Toda construtora, ou pelo menos a grande maioria, tem como objetivo aumentar a produtividade nas obras a fim de diminuir custos e despesas, o que pode ser feito com maior investimento em tecnologia na construção civil. Se existe aumento da produtividade, existe também um aumento na eficiência dessa construtora.

Confundir produtividade com produção é um erro que muita gente pode cometer. Embora sejam termos parecidos, seus significados são diferentes.  Produção é o resultado da atividade executada em uma empresa dentro de um período de tempo. Produtividade é a capacidade de se produzir mais utilizando cada vez menos tempo, dinheiro e mão de obra.

Tecnologia a favor da produtividade

A tecnologia na construção civil pode beneficiar as empresas que desejam aumentar a produtividade e também a competitividade, afinal, mecanismos como: smartphones, internet, aplicativos, maquinários modernos, materiais inovadores e investimento em capacitação são aliados para obter uma equipe mais produtiva

No setor da construção civil, prazos são decisivos para que a obra tenha um bom desempenho. Quando a empresa utiliza e investe em recursos tecnológicos, atrasos, baixa qualificação da mão de obra, falta de planejamento, entre outros, podem ser evitados, além de ser um diferencial na hora de conquistar a confiança de um novo cliente.

Principais Tecnologias

Ninguém melhor que o gestor da empresa para saber quais as melhorias que precisam ser feitas com o objetivo de aumentar a produtividade. Após identificar essas urgências, é necessário planejar, investir e buscar as melhores opções de tecnologia disponíveis no mercado para o setor da construção civil.

  • Materiais: terras soldadas, monoforte, lajes mistas, painéis de EPS e microncreto de alto desempenho são algumas alternativas de materiais modernos e econômicos, que oferecem qualidade e praticidade para o trabalho e garantem maior tecnologia na construção civil. O concreto auto adensável em obras de edificações, por exemplo, garante a melhoria de desempenho de materiais com ganho de produtividade e eficiência.
  • Aparelhos digitais: o uso de smartphones, computadores e tablets permite organizar melhor informações referentes à obra, com possibilidades de edição de maneira mais prática e em qualquer lugar, o que torna o trabalho menos burocrático. Na construção civil, uma iniciativa com pouco mais de um ano e meio, proposta pela startup ConstruCode, visa a implementação de identificação com o uso de QR Codes ao longo dos elementos da obra para identificação das características do projeto, dentro de plataformas digitais, como tablets e smartphones. De acordo com Diego Mendes, CEO da startup, a ideia é diminuir a quantidade de papéis em obra e também melhorar a dinamização das informações.  
  • Máquinas automatizadas: realizam trabalhos com mais rapidez e eficiência, desde que haja um funcionário bem capacitado para manuseá-la. No caso dos sistemas de transporte vertical e projeção de argamassas de revestimento, por exemplo, um dos benefícios que se pode obter é a redução de custos, minimizando também impactos sobre a perda de qualidade durante o processo de transporte. Aumento de produtividade e redução de custos com a mão de obra são dois ganhos do sistema. Porém, para que ele funcione corretamente, é preciso que a mão de obra seja capacitada e exista uma adequação das condições logísticas para uso do equipamento de projeção.

Vantagens da tecnologia na construção civil

Investir em matérias, maquinários ou recursos que aumentem a produtividade na construção pode ser vantajoso a curto, médio e longo prazo. O planejamento para empregar soluções que beneficiem a empresa é uma alternativa inteligente e segura. Veja abaixo algumas vantagens.

  • Redução no tempo da construção
  • Padronização das atividades
  • Redução do desperdício de materiais
  • Diminuição de retrabalhos
  • Menos prejuízos com funcionários que se machucam
  • Funcionários treinados e capacitados
  • Canteiro de obras bem planejado

 

Fonte: Sebrae

Texto: Mapa da Obra/Adaptação de texto: Agência Netshare.